[segunda-feira, junho 13, 2005]


...Pero,
portugués de la calle,
entre nosotros,
nadie nos escucha,
sabes
dónde
está Álvaro Cunhal?


Pablo Neruda sobre Álvaro Cunhal

*******************************************

...Guardo a tua voz dentro de mim.
E deixo-te as rosas...
Boa noite. Eu vou com as aves!


Eugénio de Andrade
*******************************************
Dois homens distintos que me marcaram e que hoje me deixam.
"Arte é liberdade. É imaginação, é fantasia, é descoberta e é sonho. É criação e recriação da beleza pelo ser humano e não apenas imitação da beleza que o ser humano considera descobrir na realidade que o cerca."
Até amanhã CAMARADAS! Até SEMPRE!


por Zecatelhado * 13:29


*******************************

Comments:
Duas grandes perdas, donos de legado que só nos engrandece.
Um abraço.
 
duas personalidades ímpares.
duas personalidades marcantes.
um abraço
graziela
 
Dos grandes vultos, que a nossa história jamais deixará apagar.
Aquele abraço do Raul
 
Amigo Zeca! O tempo esta semana voou e só agora, depois de uma noite de Santo António, pude vir visitar os blogues amigos. Também eu me junto a esta simples e bela homenagem que aqui deixaste a trÊs Homens que esta semana o nosso país perdeu! Ficámos mais pobres! Mas a sua obra jamais será esquecida! Obrigada pelas visitas à minha Ilha e pelas palavras sempre simpáticas. Um beijinho muito grande e um abraço daqueles. Boa semana. Malae*******************
 
Caro amigo, direi aqui o que disse já à Lique (que a ambos vos vejo próximos...):

Os homens, como tudo, são o que são. Valem o que valem. Pesam uns mais do que outros neste concerto da vida. Nós, aqueles que sobrevivemos, temos a obrigação da memória e o dever do testemunho.

É esta a homenagem que junto à tua, nestas incontornáveis referências à portugalidade. Neles, sim, a dignidade e o orgulho de ser português, aqui.
 
A perda de um Homem de ideias coerentes e convicções tão fortes, como Álvaro Cunhal, não deixa ninguém indiferente.

"Choram os campos de trigo
E as papoilas vermelhas".

Esta é uma simples homenagem que faço a um Homem, que aprendi a respeitar e que se impôs pela Dignidade de ser ele próprio.

Digo no meu Blog e repito-te agora, Portugal, perdeu este mês de Junho três referências da dignidade de se ser Português.

Um abraço solidário nesta dor que te pressinto
 
Duas perdas grandes, sem dúvida... Estou triste, mas serenamente triste. Um abraço.
 
Estou contigo caro amigo.
realmente Portugal perdeu duas grandes figuras da liberdade e democracia e grandes batalhadores na luta contra o fascismo e grandes homens.
Um abraço de amizade

 
Até sempre! 2 Homens que se evidenciaram e que morreram, mas a sua obra fica. beijos
 
uma coisa me agrada: afinal temos alguns portugueses de qualidade...
 
Enviar um comentário (10) comments